Brasil

Abel Ferreira é expulso e Palmeiras perde Supertaça nos penáltis

Abel Ferreira é expulso e Palmeiras perde Supertaça nos penáltis

O Palmeiras perdeu, este domingo, a Supertaça do Brasil, no desempate por grandes penalidades, diante do Flamengo, depois de um empate (2-2) no final dos 90 minutos. O treinador português foi expulso ainda na primeira parte, por protestos.

A equipa de São Paulo até entrou melhor no jogo, tendo inaugurado o marcador no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, logo aos dois minutos por Raphael Veiga, com um remate de trivela, após assistência de Felipe Melo. O Palmeiras não podia ter tido melhor início, mas o Flamengo foi crescendo e acabou por chegar ao empate aos 21 minutos, graças a Gabriel Barbosa.

Pouco antes do intervalo, Abel Ferreira acabou por ser expulso, após protestos - o árbitro assinalou uma grande penalidade mas, depois de consultar o VAR, reverteu a decisão - e foi já na tribuna de imprensa que acabou por ver Arrascaeta conseguir a reviravolta no marcador, em cima do fim da primeira parte.

Na segunda metade, e já depois de ter criado algumas oportunidades, o Palmeiras acabou por chegar ao empate, com Raphael Veiga a bisar. A igualdade acabou por se manter até ao fim dos 90 minutos, obrigando o jogo a ir para grandes penalidades. E, aí, acabou mesmo por ser "dramático" para o Palmeiras.

A equipa de Abel Ferreira parecia estar no bom caminho para levantar a Supertaça - marcou as três primeiras tentativas e o Flamengo falhou as duas primeiras -, mas Luan e Danilo falharam e a ex-equipa de Jorge Jesus acabou por levar a melhor. Coube a Rodrigo Caio apontar a grande penalidade que deu a vitória pelo segundo ano consecutivo ao "Mengão".

Depois de um interregno de 29 anos, esta foi apenas a quarta edição da Supertaça do Brasil, que tem como vencedores o Grémio (1990), o Corinthians (1991) e o Flamengo (2020 e 2021).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG