Futebol

Académica e Varzim já demonstraram inexistência de dívidas salariais

Académica e Varzim já demonstraram inexistência de dívidas salariais

A Académica e o Varzim, da Liga 2, já demonstraram a inexistência de dívidas salariais até fevereiro de 2022, anunciou, esta segunda-feira, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), com os clubes a regularizarem a situação.

"A Académica e o Varzim cumpriram a obrigação de demonstrar a inexistência de dívidas salariais a jogadores e treinadores, referentes aos meses de dezembro (2021) a fevereiro (2022)", informou esta segunda-feira a LPFP em comunicado.

Há duas semanas, o organismo anunciou que estes eram os dois únicos clubes em incumprimento nas duas divisões do futebol profissional, dispondo ambos de 15 dias para corrigir a situação.

"Deste modo, ambas as Sociedades Desportivas passam a ter a sua situação regularizada, o que faz com que todos os emblemas da Liga Portugal SABSEG tenham demonstrado o rigoroso cumprimento das suas obrigações salariais, dentro dos prazos regulamentados", completa a Liga.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG