Fórmula 1

Acidente de Verstappen causa prejuízo de milhão e meio de euros

Acidente de Verstappen causa prejuízo de milhão e meio de euros

O acidente sofrido por Max Verstappen (Red Bull) no Grande Prémio de Inglaterra, em Silverstone, vai custar à marca multinacional cerca de um milhão e meio de euros. O holandês embateu no carro do britânico Lewis Hamilton (Mercedes), ainda na primeira volta, num acidente que custou ao piloto, de 23 anos, o resto da corrida e uma bela quantia de dinheiro à equipa austríaca.

Na habitual coluna que Christian Horner, diretor geral da Red Bull, tem no site oficial da equipa de Fórmula 1 , divulgou o custo do choque entre Verstappen e Hamilton, acrescentando algumas críticas às celebrações do piloto da Mercedes, que apesar de ter sofrido uma penalização de dez segundos acabou por vencer o GP de Silverstone.

Horner acrescenta ainda que o impacto de um acidente destes no teto salarial que a Fórmula 1 introduziu em 2021 é enorme e considerou "desrespeitosos" os festejos de Hamilton no final, acrescentando ainda que a Red Bull pondera pedir uma penalização mais dura para o piloto inglês. "Estou dececionado com as comemorações após o acidente. A Mercedes sabia da gravidade do acidente com o Max, já tinham a informação de que ele tinha sido hospitalizado e com necessidade de exames adicionais", começou Horner.

"É inimaginável não informar o piloto sobre a situação, assim como não o proteger caso ele não se controle nas comemorações, principalmente quando foi punido pela envolvência no acidente", concluiu o dirigente da Red Bull.

A Fórmula 1 regressa no dia 1 de agosto com o GP da Hungria. Max Verstappen ainda é o líder do campeonato, com 185 pontos, contra 177 de Hamilton.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG