Le Mans

Acidente violento com Mcnish marcou primeiras horas de Le Mans

Acidente violento com Mcnish marcou primeiras horas de Le Mans

O violento acidente do escocês Allan Mcnish (Audi) marcou as primeiras horas das 24 horas de Le Mans. Apesar do aparato do acidente, o piloto da Audi saiu ileso. Vejo o vídeo.

Com os carros alemães e franceses a confirmarem o favoritismo e a arrancarem na frente da corrida, as primeiras horas da prova ficaram assinaladas por um violento acidente, à passagem do minuto 50, que envolveu o Audi n.º 3, pilotado pelo escocês Mcnish, que foi esmagar-se contra as barreiras de proteção da pista, depois de embater no Ferrari n.58 comandado pelo francês Anthony Beltoise, à entrada para a curva Chapelle, a seguir à ponte pedonal Dunlop.

Mcnish, que fazia equipa com o dinamarquês Tom Kristensen, oito vezes vencedor de Le Mans, tentou forçar a ultrapassagem a Beltoise, acabando por colidir com o Ferrari, perder aderência e embater nos pneus de protecção, ficando imobilizado de rodas para o ar.

Os destroços espalharam-se por uma zona onde se encontravam fotógrafos e comissários, que saíram ilesos, e durante alguns momentos viveram-se alguns momentos de tensão até Mcnish sair do Audi pelo seu próprio pé, sob os aplausos do patrão da equipa, Wolfgang Ullrich, que observava pela televisão, as partir das boxes.

A corrida foi neutralizada durante uma hora, com o carro de segurança em pista, enquanto se procedia à reparação da barreira de protecção e à limpeza da pista.