Futebol

Acionistas do Braga aprovam prejuízo de 1,9 ME do exercício de 2020/21

Acionistas do Braga aprovam prejuízo de 1,9 ME do exercício de 2020/21

Os acionistas da sociedade anónima desportiva (SAD) do S. C. Braga aprovaram, esta terça-feira, por unanimidade, o exercício da época 2020/21, que apresentou um prejuízo de 1,9 milhões de euros (ME), assim como o orçamento para a presente temporada.

Numa nota no site oficial, os arsenalistas informam que todos os pontos de ordem da assembleia-geral (AG) ordinária da SAD foram aprovados pelos acionistas e que, "por proposta do órgão de fiscalização e revisor oficial de contas, foi aprovado por unanimidade um voto de louvor à gestão da sociedade".

Em 2020/21, num "exercício de complexidade extrema" devido à pandemia de covid-19, como lembraram os responsáveis há duas semanas, aquando da apresentação do relatório e contas, a SAD bracarense apresentou um prejuízo de 1,9 ME.

O passivo desceu de 58,3 ME para 54,5 ME e o ativo passou de 99,4 ME para 93,7 ME.

Na temporada anterior a essa, em 2019/20, a SAD minhota tinha apresentado um lucro recorde de 22 ME.

Participaram na AG acionistas que, em conjunto, representam 38,4 % do capital social da sociedade, revelou ainda o Sporting de Braga.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG