Futebol

Adel Taarabt: "Nunca trabalhei tanto como no Benfica"

Adel Taarabt: "Nunca trabalhei tanto como no Benfica"

Adel Taarabt não podia estar mais feliz no Benfica. Em entrevista à revista britânica "FourFourTwo", o médio, de 30 anos, abriu o coração e revelou com mudou para melhor no clube português, vincando que também se esforçou como nunca para entrar na equipa dirigida por Bruno Lage.

"Demorei três anos a adaptar-me ao Benfica, porque quando jogava em Inglaterra tinha de virar-me sozinho. Não tinha ninguém a ajudar-me. Aqui, é tudo muito mais organizado e tornei-me num profissional muito melhor. Perdi 10 ou 11 quilos, com o meu trabalho árduo. Não tens escolha. Nunca trabalhei tanto como no Benfica para ganhar uma oportunidade", afirmou o internacional marroquino.

Mais à frente, numa pergunta sobre a reputação de boémio que ganhou a dada altura da carreira, Taarabt explicou que não lidou bem com isso. "Recentemente fui chamado à seleção de Marrocos. A última vez que lá joguei foi há três anos, mas lá estavam sempre a falar de mim. É duro, mas a dada altura tens que aceitar as coisas como elas são", conta o jogador que, até estrear-se no Benfica, no início deste ano, também tinha a fama de andar sempre em baixo de forma e de não ser dedicado, nem profissional.

Entretanto, ganhou uma nova vida e admite que foi a estrutura do Benfica quem mais contribuiu para isso: "No meu primeiro ano (2015) estava com excesso de peso. Ao fim de dois ou três meses perdi dois ou três quilos, mas isso não é nada. Ao longo da minha carreira nunca fui muito paciente, queria que as coisas acontecessem rapidamente, porque queria ajudar a equipa. Tinha dificuldades em aceitar o lugar no banco de suplentes e, por isso, nem sempre reagia bem. No Benfica fizeram-me perceber que tinha de aceitar as regras. Estar, agora, no Benfica foi o melhor que me aconteceu na carreira. Eles mudaram-me enquanto homem. Sempre fui um bom rapaz, mas às vezes perdia-me. Eles fizeram-me ver que não tinha sempre razão".