Brasil

Adepto do Flamengo beija jornalista num direto e é detido

Adepto do Flamengo beija jornalista num direto e é detido

Um adepto do ​​​​​​​Flamengo deu um beijo na cara a uma jornalista, sem o consentimento desta, durante um direto, antes do jogo com o Velez para a Taça Libertadores, e acabou detido.

Enquanto fazia um direto nas imediações do Estádio Maracanã, nos momentos que antecediam o jogo entre o Flamengo e o Velez, da segunda mão das meias-finais da Taça Libertadores, a jornalista Jéssica Dias, da ESPN, foi beijada na cara, sem a sua autorização, por um adepto da equipa brasileira.

Mal sucedeu o episódio, o direto foi interrompido, com a equipa da ESPN a conseguir "segurar o agressor e pedir à polícia que o encaminhasse à esquadra do Maracanã", segundo explica o canal televisivo, em comunicado.

PUB

O adepto viu ser-lhe decretada prisão preventiva pelo crime de importunação sexual, devendo ser apresentado, esta quinta-feira, numa unidade da Secretaria de Administração Penitenciária para avaliação da pena, segundo o sítio "Globo Esporte".

O Flamengo já se pronunciou sobre o caso, repudiando "o assédio cometido por um adepto rubro-negro com a jornalista da ESPN Jéssica Dias". "É lamentável que atos repugnantes como este, que não representam a Nação rubro-negra, ainda aconteçam", reforça o clube.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG