Futebol

Adepto morre ao cair de camarote invadido por adversários, no Peru

Adepto morre ao cair de camarote invadido por adversários, no Peru

Um adepto peruano de futebol morreu, no sábado, ao cair de uma altura de 30 metros no Estádio Monumental de Lima, após uma luta com apoiantes adversários durante o "clássico" entre o Universitario de Deportes e o Alianza Lima.

Walter Oyarce, um adepto do Alianza Lima, de 24 anos, caiu da janela de um dos camarotes privados que rodeiam a parte superior do estádio do Universitario e morreu a caminho do hospital, segundo um representante do Ministério da Saúde.

O médico Javier Correa adiantou que a morte ocorreu devido às múltiplas fracturas causadas pela queda.

Na sua página na Internet, o diário La República afirma que, segundo testemunhas presentes no estádio, adeptos do Universitario arrombaram a porta de um dos camarotes privados, invadiram-no e provocaram uma luta que resultou na queda de Walter Oyarce.

Segundo o diário, a polícia identificou o agressor, mas depois teve de o deixar ir em liberdade, devido à pressão exercida pela Trincheira Norte, a claque mais radical do Universitario.

O presidente do Alianza Lima lamentou a tragédia e colocou em causa as condições de segurança do Estádio Monumental de Lima.

"O que se passa é que não há garantias e isso não se pode permitir. Defendi que se jogue no estádio da 'U', mas, nestas condições, não se pode permitir. Porquê tanta violência se eles ganharam o jogo [por 2-1]?", disse Guillermo Alarcón.