Desporto

Adeptos fazem a festa nos Aliados, no Dragão e em vários pontos do país

Adeptos fazem a festa nos Aliados, no Dragão e em vários pontos do país

Menos de uma hora após o F.C. Porto ter assegurado o 26.º título de campeão português de futebol, milhares de adeptos invadiram os Aliados, dando cor e festa ao habitual palco de celebrações dos "dragões". Muitos seguiram depois para o Estádio do Dragão. Os festejos repetiram-se em vários pontos do país.

Os "comes e bebes" já estavam montados para o cenário de festa - o Benfica não vencer o Rio Ave (2-2) - e, mal foi oficial, minutos depois já se ouviam os primeiros buzinões e foliões trajados a rigor nas ruas do Porto.

Com os tradicionais cânticos "campeões olé", os adeptos foram-se juntando em frente à câmara (autarquia e FC Porto continuam de costas voltadas) e espalhando alegria pelo cenário.

Sempre ruidosos, os carros cada vez em maior número aglomeraram-se até complicar o acesso do emblemático palco das festividades portistas.

Bandeiras, cachecois, bonés, gaitas, sobram adereços para dar azo à alegria de quem conquista mais um título, desta vez no "sofá", pois o FC Porto jogou sábado na Madeira, onde venceu o Marítimo 2-0.

Com o passar dos minutos, muitos adeptos portistas começaram a deslocar-se para junto do Estádio do Dragão, no Porto, cujas imediações começaram rapidamente a encher.

Um dos motivos que fez os adeptos transitar foi a notícia de que os jogadores, pelo menos alguns, iriam à varanda do recinto portista saudar os adeptos e festejar com eles o 26.º titulo e segundo consecutivo.

PUB

Festejos em vários pontos do país

A ex-atleta Aurora Cunha foi o rosto mais conhecido nos festejos em Lisboa. Pela primeira vez em Lisboa, numa altura em que o "seu" FC Porto se sagrou campeão, a atleta portuguesa fez questão de sair à rua, confessando à Agência Lusa que preferiria ter conquistado o título no Estádio do Dragão, frente ao Sporting, na próxima jornada, mas que dado a "oferta" do Benfica tinha de fazer a festa.

"Dava-nos mais gozo festejar no Porto, na próxima jornada. Mas, o Benfica deu-nos esta prenda e já que eu estava em Lisboa vim para aqui festejar. É a primeira vez que o faço em Lisboa. Fui uma das grandes críticas do treinador Vítor Pereira no FC Porto, mas tenho de lhe dar os parabéns, e a todos os jogadores, pelo título hoje conquistado", disse Aurora Cunha.

Em Coimbra, apesar do tempo chuvoso, algumas dezenas de adeptos do F.C. Porto vestidos a rigor concentraram-se na Praça da República, de onde partiu um desfile automóvel com bandeiras e cachecóis desfraldados ao som de "Campeões, nós somos campeões".

Em Ponta Delgada, Açores, os adeptos portistas celebraram junto às Portas da Cidade. As primeiras buzinas de automóveis começaram a ser ouvidas poucos minutos depois de ter terminado o jogo entre o Rio Ave e o Benfica, cujo empate (2-2) 'entregou' o campeonato aos 'azuis e brancos'. Na marginal, rapidamente se formaram várias caravanas automóveis, buzinando incessantemente para assinalar esta conquista.

Em Braga, cerca de uma centena de adeptos portistas festejou a meio da Avenida da Liberdade. Aos gritos de "Campeões, campeões, nós somos campeões", os adeptos portistas iam saudando as dezenas de viaturas conduzidas por mais adeptos do FC Porto que por ali passavam agitando cachecóis e bandeiras e apitando ruidosamente, fazendo ecoar o júbilo portista.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG