Violência

Tiros, polícias feridos e dois detidos na chegada de adeptos holandeses ao Dragão

Tiros, polícias feridos e dois detidos na chegada de adeptos holandeses ao Dragão

Adeptos do Feyenoord provocaram, esta noite de quinta-feira, distúrbios junto ao Estádio do Dragão, antes da partida com o F. C. Porto para a Liga Europa. Foram disparados tiros para o ar pela PSP. Dois holandeses foram detidos por agressões e três polícias ficaram feridos.

Os adeptos do Feyenoord provocaram desacatos nas imediações do estádio do Dragão, obrigando à intervenção das forças policiais para serenar os ânimos. A Polícia formou um cordão de segurança à entrada da porta P1 para filtrar a passagem dos cerca de 3000 adeptos que se deslocaram à cidade Invicta, mas alguns furaram o esquema montado e o Corpo de Intervenção da PSP teve mesmo de disparar tiros para o ar para controlar os simpatizantes holandeses.

No rescaldo dos incidentes, três polícias ficaram feridos na sequência de agressões e dois adeptos do clube de Roterdão foram detidos.

Já durante a madrugada de quinta-feira, os holandeses tinham provocado vários desacatos no centro da cidade do Porto.