Andebol

Águas Santas apurado para a fase de grupos da Liga Europeia

Águas Santas apurado para a fase de grupos da Liga Europeia

O Águas Santas recebeu e venceu, esta terça-feira, o Belenenses, por 34-22, e qualificou-se pela primeira vez para a fase de grupos da Liga Europeia de andebol.

Depois de já ter vencido o jogo da primeira mão (23-20), em Belém, da segunda ronda de qualificação para a fase de grupos da segunda maior prova europeia de clubes, o Águas Santas ganhou também o segundo encontro e com autoridade evidenciada tanto no resultado ao intervalo (18-9) como no final.

PUB

O sorteio ditou para esta qualificação um duelo 100% português que a equipa do concelho da Maia decidiu a seu favor de forma clara, tendo hoje confirmado a sua superioridade ante um opositor sem o andamento necessário para estes desafios.

O Águas Santas entrou forte e rapidamente deixou para trás o Belenenses graças à velocidade e dinâmica do seu ataque e também à segurança da sua defesa, o que lhe permitiu marcar 12 golos contra apenas três da equipa lisboeta no primeiro quarto de hora.

O ponta esquerda Fábio Teixeira, com oito golos marcados só na primeira parte, foi sempre um tormento para a defesa azul e nem sequer jogou na segunda porque o treinador decidiu protegê-lo por já ter duas exclusões.

Miguel Pinto, que marcou sete golos, e João Gomes, autor de seis, também estiveram em grande evidência no Águas Santas, uma equipa que aposta forte nas transições defesa-ataque velozes e numa dinâmica agressiva do seu processo ofensivo, dificultando a organização adversária.

O intervalo chegou com o Belenenses já em grandes dificuldades, com apenas nove golos apontados, mas o segundo tempo foi menos difícil para os 'azuis' porque o Águas Santas tirou o pé do acelerador e pôs em campo jogadores que são menos utilizados.

O melhor que o Belenenses conseguiu foi, através de Tiago Ferro, reduzir para seis golos a diferença no marcador (26-20), mas o Águas Santas travou rapidamente essa aproximação e foi construindo uma vantagem confortável, com vários golos obtidos de contra-ataque.

O Águas Santas, que foi muito mais forte do que o Belenenses nesta qualificação e alcançou um feito marcante na sua história, ficará agora à espera do sorteio da próxima fase que se realizará no dia 06 de outubro, na sede da Federação Europeia de Andebol, em Viena.

Ficha de jogo:

Jogo realizado no Pavilhão da Associação Atlética de Águas Santas, na Maia

Águas Santas -- Belenenses, 34-22

Ao intervalo: 18-9

Sob a arbitragem dos húngaros Adam Biro e Oliver Kiss, as equipas alinharam e marcaram:

Águas Santas (34): Diogo Ribeiro (gr), Miguel Pinto (7), Francisco Fontes (2), João Gomes (6), Gustavo Oliveira (1), Miguel Baptista (1) e Fábio Teixeira (8). Jogaram ainda: Afonso Lima (3), Nuno Queirós (1), Mário Lourenço (3), João Furtado (1), Carlos Santos (1) e Alexandre Magalhães (gr)

Treinador: Ricardo Moreira

Belenenses (22): Miguel Moreira (gr), Christopher Selles (2), Uros Markovic (1), Edvaldo Ferreira (2), Bruno Moreira (3), Nelson Pina (2) e Gonçalo Nogueira (2). Jogaram ainda: Tomás Ferreira (2), Tiago Pereira, Carlos Siqueira, João Alcântara (1), Diogo Domingos, Tiago Ferro (5), Pedro Santana (2) e João Gouveia (gr)

Treinador: Carlos Jorge

Assistência: 724 espetadores

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG