O Jogo ao Vivo

Tóquio

Alemanha alega racismo e abandona particular com as Honduras

Alemanha alega racismo e abandona particular com as Honduras

A seleção de futebol da Alemanha abandonou, este sábado, o jogo com as Honduras, na cidade japonesa de Wakayama, de preparação para os Jogos Olímpicos, alegando insulto racial a Jordan Torunarigha.

"Quando um dos nossos jogadores é abusado racialmente, jogar não é uma opção", justificou o selecionador, Stefan Kuntz.

No Twitter, a federação germânica deu conta de que o desafio, que estava empatado 1-1, terminou cinco minutos antes do previsto: "Os jogadores alemães deixaram o campo após Jordan Torunarigha ter sido abusado racialmente".

A federação das Honduras usou igualmente as redes sociais para se defender, alegando que tudo se tratou de "um mal-entendido em campo".

"O jogo terminou por abandono devido ao facto de um jogador alemão ter alegado um suposto insulto racista por um jogador das Honduras. Sobre este assunto, a Federação Hondurenha de Futebol entende que a situação se tratou de um mal-entendido no campo do jogo", justificou.

A Alemanha vai integrar o grupo D de Tóquio2020 com as seleções do Brasil, Costa do Marfim e Arábia Saudita, enquanto as Honduras estão no B com a Coreia do Sul, Nova Zelândia e Roménia.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020, adiados por um ano devido à pandemia de covid-19, decorrem de 23 de julho a 8 de agosto.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG