Vizela

Álvaro Pacheco: " Quando estamos lá dentro, temos de nos saber comportar"

Álvaro Pacheco: " Quando estamos lá dentro, temos de nos saber comportar"

No rescaldo da derrota diante do Sporting, o treinador do Vizela considerou que a equipa minhota conseguiu impor dificuldades ao clube de Alvalade e lamentou a confusão no final do encontro.

"Estivemos sempre no jogo e criámos sempre dificuldades ao Sporting. Entrámos fortes, criámos oportunidades para fazer golo e era um objetivo nosso sermos capazes de passar para a frente do marcador. Sabíamos que o Sporting vinha de uma derrota e se nós, porventura, prolongássemos o 0-0 ou fizéssemos um golo, ia criar mais instabilidade e intranquilidade ao adversário. Mesmo a perder, andámos sempre à procura do golo. Só que começámos a criar mais espaço e desequilíbrios para procurar esse golo. Houve sempre um jogo repartido, com um bocado mais de domínio do Sporting, que é normal, mas penso que o Vizela procurou sempre chegar ao golo do empate", começou por dizer Álvaro Pacheco, lamentando ainda a confusão no final do jogo.

"Claramente escusado. Não tem nada a ver com o jogo. O Ruben Amorim falou bem. Acho que quando estamos lá dentro, temos de saber-nos comportar. O campeoanto vai ser equilibrado até ao fim, até ao 10.º lugar, ganhando um ou dois jogos, vai haver sempre troca de lugares. O foco é o nosso processo, a regularidade exibicional e melhorar a capacidade de finalização", concluiu.

O Sporting venceu (2-0), este domingo, o Vizela, no Minho, em jogo da 18.ª jornada da Liga. Pedro Gonçalves inaugurou o marcador e Daniel Bragança fechou a contagem. Com esta vitória, o clube de Alvalade igualou o líder F. C. Porto, que joga ainda este domingo frente ao Belenenses SAD, com 47 pontos, e aumentou a vantagem em relação ao Benfica, que é terceiro com 41 depois do empate com o Moreirense (1-1). Já o Vizela somou a segunda derrota consecutiva e está em 15.º, com 16 pontos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG