Futebol

Amnistia Internacional contra investimento saudita no Newcastle

Amnistia Internacional contra investimento saudita no Newcastle

A compra do clube inglês está praticamente consumada, mas esse facto levou a ONG pelos direitos humanos a alertar a Premier League para os riscos de ficar associada a quem tem "atos imorais".

Um Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita está quase a comprar o Newcastle, histórico clube inglês, e essa possibilidade levou a Amnistia Internacional, uma ONG virada para a defesa dos direitos humanos, a intervir, ao ponto de enviar uma carta aberta ao chefe-executivo da Premier League.

"Esta compra não seria feita sem o consentimento do Rei e o Rei está a usar o desporto e personalidades desportivas para melhorar a reputação do país após o assassínio de um jornalista, ao que tudo indica realizado com a sua aprovação. Estas associações ao desporto também servem para desviar as atenções sobre acontecimentos como detenções e torturas a defensores dos direitos das mulheres", lê-se na carta assinada por Kate Allen.

"Neste sentido, a Premier League corre o risco de ficar ligada aos que querem usar o prestígio da competição para camuflar atos profundamente imorais", completa a missiva.

Outras Notícias