Carreira

Alejandro Valverde e Vincenzo Nibali dizem adeus ao ciclismo

Diana Fernandes

O último momento da temporada do ciclismo marcado pela despedida de Alejandro Valverde e Vicenzo Nibali

Foto Site Oficial Il Lombardia 2022

Com o fim da temporada de ciclismo de estrada de 2022, Valverde e Nibali preparam-se para a última prova das carreiras na Volta à Lombardia. A corrida conta ainda com a presença de Jonas Vingegaard, Jai Hindley e de Tadej Pogacar, grandes nomes do ciclismo internacional.

A 116.ª edição da Volta à Lombardia, conhecida como "corrida das folhas caídas", marca a despedida de duas das lendas do ciclismo, Alejandro Valverde e Vincenzo Nibali.

A quinta e última prova fecha a temporada, este sábado, num percurso de 253 quilómetros com partida em Bérgamo e chegada em Como, Itália. A corrida à Lombardia foi realizada pela primeira vez em 1905, com a vitória do italiano Giovanni Gerbi.

Vincenzo Nibali, o "Tubarão de Messina"

Vincenzo Nibali, de 37 anos, termina o percurso no ciclismo, sendo um dos sete ciclistas da história detentor das três grandes voltas. O italiano venceu a Volta à Espanha em 2010, o Giro de Itália de 2013 e 2016 e o Tour de France em 2014.

Para além das vitórias nas voltas, o "Tubarão de Messina", como é conhecido, conquistou a clássica Milão-Sanremo de 2018 e a Volta à Lombardia, por duas vezes, em 2015 e 2017.

Com o seu último adeus ao pelotão, Nibali afirma que "será uma grande emoção e uma grande honra" acabar o seu percurso numa das provas que mais gostou de correr.

Alejandro Valverde, "El Bala"

Alejandro Valverde, espanhol de 42 anos, promete lutar pelos primeiros lugares na Volta à Lombardia após anunciar que deixaria de competir.

A vitória da Volta à Espanha em 2009 é uma das grandes conquistas do ciclista, que coleciona quatro vitórias na clássica de Liège Bastogne Liège e um título mundial em 2018.

Apesar de nunca ter ganho a Lombardia, Valverde afirma que terminar a profissão de ciclista na prova "dá um prazer imenso".