Jogos do Mediterrâneo

Quatro ouros e duas pratas no dia perfeito de Portugal na Argélia

JN/Agências

Leandro Ramos conquistou o ouro no lançamento do dardo|

 foto DR

João Coelho conquistou os 400 metros masculinos|

 foto DR

Cátia Azevedo foi a mais forte nos 400 metros|

 foto José Coelho / Lusa / Arquivo

Depois do ouro nos 50 metros mariposa, Diogo Ribeiro ganhou a prata nos 100m livres|

 foto DR

Daniela Campos só foi batida ao sprint na prova de estrada|

 foto DR

A comitiva portuguesa continua a colecionar bons resultados na edição de 2022 dos Jogos do Mediterrâneo e, este sábado, foram conquistadas quatro medalhas de ouro e duas de prata, com a seleção de andebol feminino a garantir a presença nas meias-finais da competição que se realiza em Oran, na Argélia.

Leandro Ramos conquistou o ouro no lançamento do dardo, com uma marca de 82,23 metros, batendo o egípcio Ihab Abdelrahman (78,51m) e o francês Felise Vahai-Sosaia, (72,83m).

Ainda no atletismo, a glória nos 400 metros chegou a dobrar: a prova masculina foi conquistada por João Coelho, que cumpriu a distância em 45,41 segundos, um novo recorde pessoal do atleta do Sporting, que superou a concorrência do marroquino Hamza Dair (45,65s) e do argelino Abdennour Bendjemaa (46,06s).

A prova feminina também levou a bandeira portuguesa ao lugar mais alto do pódio, graças a Cátia Azevedo que, com a melhor marca pessoal da época (51,24s), se superou à eslovena Anita Horvat e à italiana Virginia Troiani.

A natação deu o quarto ouro do dia a Portugal, com Camila Rebelo a vencer os 200 metros costas e com direito a novo recorde nacional: 2.10,41 minutos é o novo máximo e chegou para bater as marcas da espanhola Africa Zamorano e da turca Ekaterina Avramova.

Depois de conquistar, na sexta-feira, o ouro nos 50 metros mariposa, Diogo Ribeiro ganhou mais uma medalha, desta vez de prata, nos 100 metros livres, que cumpriu em 49,02 segundos, a apenas dois segundos do vencedor, o italiano ​​​​​​​Filippo Megli, cujo compatriota, Alessando Bori, fez terceiro.

Daniela Campos garantiu a prata na corrida de fundo, naquele que foi o segundo pódio para o ciclismo, perdendo apenas no sprint para a italiana Barbara Guarischi e superiorizando-se à espanhola Sandra Alonso.

Entretanto, a seleção feminina de andebol avançou para as meias-finais do torneio, ao bater a Macedónia do Norte por 19-17, no último jogo do Grupo B. Portugal já vencia por 13-11 ao intervalo e conseguiu segurar a vantagem de dois golos no final, selando o apuramento para as meias e garantindo um jogo de disputa de medalhas, ou a final ou o duelo pelo bronze.

Relacionadas