Ciclismo

Fez história no Giro mas acabou no hospital ao magoar-se com uma... rolha

José Pedro Gomes

Biniam Grimay magoou-se nos festejos primeira grande vitória da carreira

Foto Twitter Giro D'italia

Biniam Grimay, que foi o primeiro ciclista africano negro a vencer uma etapa numa das três grandes provas mundiais, magoou-se a abrir o champanhe da celebração.

O dia inesquecível para o ciclista Biniam Grimay (Intermarché-Wanty), que, esta terça-feira, venceu a 10.ª etapa da Volta a Itália, acabou com um percalço, com o corredor da Eritreia a magoar-se na cerimónia do pódio com a rolha da garrafa de champanhe da consagração, e a ter de ser conduzido para o hospital.

O ciclista de 22 anos, que fez história ao ser o primeiro africano negro a vencer uma etapa numa das grandes provas do ciclismo nacional, acabou por ser vítima dos seus próprios festejos, e na abertura do tradicional champanhe não evitou que a rolha, ao sair, atingisse o seu olho esquerdo.

Apesar do incidente, Grimay ainda conseguiu festejar o triunfo no pódio, de olho fechado, mas logo de seguida, teve de ser assistido numa das ambulâncias da prova, e, posteriormente, conduzido para o hospital, para fazer exames complementares.

Relacionadas