Futebol

Futebolista Zouma assume em tribunal agressões ao seu gato

JN/Agências

Defesa francês Kourt Zouma

Foto Instagram

O internacional francês, que atua nos ingleses do West Ham, assumiu, em tribunal, ter agredido e maltratado um dos seus gatos, num episódio que foi divulgado nas redes sociais e lhe valeu duras críticas e a perda de patrocínios.

Youan, irmão de Zouma, que filmou e partilhou o vídeo do jogador do West Ham a pontapear e bater no focinho do gato, também foi ouvido no tribunal, em Londres, por ser considerado cúmplice, tendo admitido que ajudou e encorajou o futebolista a cometer tais atos.

Em 7 de fevereiro, o jornal "The Sun" divulgou um vídeo filmado por Youan Zouma, no qual o defesa, de 27 anos, desfere várias agressões a um dos seus gatos, ato que lhe valeu duras críticas de associações de direitos animais, e a abertura de uma investigação interna nos "hammers".

O West Ham acabou por punir o futebolista com a mais alta multa prevista no código de conduta, de perto de 300 mil euros, doados a associações defensoras dos direitos dos animais.

O internacional francês, que, entretanto, viu os seus gatos serem recolhidos por uma associação de proteção de animais, também perdeu o seu contrato de patrocínio com a marca Adidas na sequência do incidente.

Relacionadas