Futebol

Jogador do Gana perdeu afilhado e teve filha no hospital durante o Mundial

Sofia Esteves Teixeira

Andre Ayew

Foto Afp

Andre Ayew, jogador do Gana, um dos adversários de Portugal na fase de grupos do Mundial2022, revelou, este domingo, que passou por momentos muito difíceis durante a competição no Catar.

O Gana já ficou pelo caminho do Mundial 2022 - perdeu com o Uruguai na última jornada da fase de grupos e acabaram os dois a dizer adeus à competição - e o capitão deixou uma mensagem nas redes sociais a agradecer o apoio, não só a nível desportivo, como familiar. Andre Ayew, que falhou uma grande penalidade diante dos uruguaios, contou que perdeu o afilhado no dia em que defrontou Portugal e teve a filha doente.

"O resultado do nosso último jogo da fase de grupos não era o que queríamos no torneio, mas infelizmente acabou daquela maneira. Estou muito, muito orgulhoso dos meus colegas por terem tido um espírito de equipa maravilhoso em campo e fora dele, pelo nosso Gana. Pessoalmente, os últimos dias têm sido muito difíceis. Perdi o meu afilhado na manhã antes do jogo com Portugal e a minha filha foi de urgência para o hospital a seguir ao jogo com o Uruguai. Graças a deus ela está a melhorar. Estes momentos difíceis inspiram-me para voltar mais forte e melhor no futuro e, acredito, também voltarão as Black Stars", pode ler-se numa publicação na rede social Instagram.