Desporto

Capitão da seleção de hóquei em campo morreu em acidente na Ponte 25 de Abril

JN

Luís Tavares

Foto Dr

A Federação Portuguesa de Hóquei anunciou, através do Facebook, a morte de Luís Tavares, o capitão da nacional de hóquei em campo. O hoquista tinha 27 anos e foi a vítima mortal da colisão que envolveu quatro viaturas na Ponte 25 de Abril, na madrugada deste domingo.

"Choque! Esta é uma daquelas notícias que não queremos, nem nunca estaremos preparados para receber. O Luís Tavares era um rapaz bom, íntegro, afável, solidário e com um enorme talento. Era um campeão no hóquei e acima de tudo na vida! Um exemplo para todos de como se deve estar no hóquei e na vida", pode ler-se na nota publicada no Facebook, pela Federação Portuguesa de Hóquei.

Ao JN, a Federação Portuguesa de Hóquei confirmou que Luís Tavares morreu na colisão rodoviária que aconteceu na Ponte 25 de Abril, no sentido Lisboa-Almada, na madrugada deste domingo. O hoquista ainda foi transportado para o Hospital de Santa Maria, mas acabou não resistir aos ferimentos. As causas do acidente vão ser agora investigadas pelas autoridades.

Luís Tavares tinha 27 anos, era capitão da seleção nacional e jogador do Clube Casa Pia, que também já veio lamentar a morte do jogador nas redes sociais.