Futebol

Rivaldo foi estrela em Vizela na apresentação do filho

Vítor Jorge Oliveira

Rivaldo passou pelo estádio do Vizela e conversou com os jogadores

Foto Paulo Jorge Magalhães/global Imagens

O filho do antigo internacional brasileiro vai jogar nos juvenis do Vizela. Rivaldo diz que o Brasil é favorito no Mundial e que Cristiano Ronaldo ainda vai ter mais alegrias na carreira.

Rivaldo, melhor jogador do Mundo em 1999, foi cabeça de cartaz, na manhã desta terça-feira, em Vizela. O antigo internacional brasileiro, depois de ter apadrinhado o filho Rivaldinho no Boavista, em 2015, fez questão de marcar presença na apresentação do filho mais novo, João Vítor, jovem médio de 17 anos, que irá reforçar a equipa de juvenis dos minhotos.

"Já conhecia a cidade e tenho um amigo que me falou bem do Vizela. É um menino de 17 anos, que tem muito ainda para aprender, e é importante começar numa equipa que tem uma boa estrutura", justificou.

Questionado se o nome do pai pesa no rendimento dos filhos, Rivaldo reconhece que não é fácil. "As pessoas gostam de fazer comparações. Fiz a minha história e os meus filhos querem fazer a sua história. A pressão, às vezes, prejudica um pouco", reconheceu.

Nos minutos que antecederam a apresentação de João Vítor, Rivaldo falou com Álvaro Pacheco e com o grupo de trabalho. "Dei os parabéns pela vitória na jornada anterior e contei um pouco da minha história. Disse-lhes que é preciso ter muita disciplina para alcançar os objetivos. Para se chegar onde cheguei, sendo o melhor jogador do Mundo, também tem de passar dificuldades, mas sempre com o foco. Espero que tenham escutado e que encarem o que disse como uma aprendizagem para o futuro. Em 1992 cheguei ao Mogi Morim e sete anos depois fui considerado o melhor jogador do Mundo. Que todos possam ter esse sonho e conquistar algo importante".

O Mundial, que se disputará no Catar, e o momento da carreira de Cristiano Ronaldo também foram abordados. "O Brasil é sempre favorito a ganhar o Mundial, mas não é fácil. Portugal também é, dependendo do que vai acontecer na primeira fase. Talvez se encontrem, e espero que se encontrem para ter esse duelo", perspetivou.

"Acredito que o Cristiano Ronaldo esteja a passar um momento difícil, por não estar a ser titular. Deve estar chateado, mas é um jogador que admiro muito e um grande profissional. No momento certo, ele vai entrar e ser titular. Tem de ficar tranquilo, porque muitas coisas boas ainda vão acontecer na carreira dele", acrescentou Rivaldo.