Exclusivo

Andebol: Avanca continua a gerar talentos

Andebol: Avanca continua a gerar talentos

Na terra que deu ao mundo Egas Moniz mora um clube que, tal como o Nobel da Medicina, "ultrapassou as fronteiras naturais de Avanca" e se tornou numa "referência nacional" no andebol.

Com a equipa principal "estabelecida" na 1.ª Divisão Nacional, o projeto desenhado para a formação tem como principal finalidade, "não os resultados desportivos, mas a capacidade de promover atletas ao plantel sénior", salienta Carlos Valente, vice-presidente de uma coletividade cuja "marca está perfeitamente consolidada" na modalidade a nível nacional, acredita.

Até atingirem o topo, os jovens do Avanca passam por um processo que tem como intenção "crescerem como atletas e pessoas", explica o treinador, José Dias. Se nos escalões de base a ideia é que "os miúdos comecem a aprender a modalidade brincando", a partir do escalão de minis "faz-se um trabalho mais específico das capacidades coordenativas e também treinos de força". Só a partir dos iniciados é que se olha "mais ao nível de competição", com "análise de vídeo e trabalho técnico-tático e físico", acrescenta o treinador.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG