Exclusivo

André Silva: "É preciso dar um soco na educação. Ninguém nasce racista" 

André Silva: "É preciso dar um soco na educação. Ninguém nasce racista" 

André Silva vive a pandemia como emigrante na Alemanha, onde se adapta à nova realidade do futebol. Sem lamentos.

Poucas horas depois de ter feito o último jogo do atípico ano de 2020, pelo Eintracht Frankfurt, na Alemanha, André Silva atendeu o telefonema do JN. Tinha posto uma máquina a lavar e antecipou o pedido de desculpa por um eventual ruído que pudesse provocar na ligação. Enquanto nos falava, assistia a mais um jogo do ídolo Cristiano Ronaldo. E claro que CR7 veio à baila, bem como Lewandowski ou Diogo Jota. Mas a conversa foi muito para lá do futebol.

Nas últimas quatro épocas jogou em três campeonatos diferentes, todos eles pertencentes ao chamado "big five". Itália, Espanha ou Alemanha, quem tem o melhor campeonato?

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG