Futebol

António Salvador recandidato à presidência do Braga

António Salvador recandidato à presidência do Braga

António Salvador apresentou oficialmente, esta sexta-feira à tarde, num hotel da cidade dos Arcebispos, a recandidatura à presidência do S. C. Braga nas eleições marcadas para 21 de maio.

No cargo desde 2003, o atual responsável máximo pelo emblema minhoto quer voltar a assumir o destino do clube por mais quatro anos (quadriénio 2021/25) e, assim, ultrapassar as duas décadas na presidência.

As eleições terão lugar a 21 de maio e, até ao momento, é a única lista candidata, sendo que a data de entrega das candidaturas termina 15 dias antes.

António Salvador fez um discurso emocionado, no qual não esqueceu o apoio da família ao longo do tempo que leva como presidente do S. C. Braga. E salientou: "É um enorme orgulho após 18 anos apresentar a recandidatura, num cargo que tanto me honra".

O dirigente realçou também a importância da sustentabilidade do clube e recordou as dificuldades pelas quais passou ao leme dos arsenalistas, tais como a crise financeira de 2003.

Sobre o futuro, Salvador apontou o caminho a seguir. "O objetivo é fazer mais e melhor todos os dias, temos de olhar para a frente e para cima. Atingimos um ponto de não retorno na história do clube", frisou.

A professora universitária Felisbela Lopes é a presidente da Comissão de Honra da candidatura, uma função que muito lhe agradou. "Aceitei o convite com muito gosto. António Salvador é o melhor presidente que o Braga pode ter hoje", avançou.

PUB

José Manuel Fernandes, que volta a ser candidato a presidente da Mesa da Assembleia-Geral, enalteceu o trabalho de António Salvador à frente do S. C. Braga. "O presidente é uma garantia de sucesso e não podemos andar para trás. Entre os sócios do clube, não tenho dúvidas que é o melhor", completou.

Joel Pereira, atual diretor para as modalidades, Hugo Vieira (coordenador do futebol de formação) e Cláudio Couto são as novidades na lista candidata para a nova direção. Para além de José Manuel Fernandes, continuam a integrar o elenco diretivo Gaspar Vieira de Castro na presidência do Conselho Fiscal, surgindo Luís Machado, antigo presidente da direção na década de 90 no século passado, como presidente do Conselho Geral.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG