Futebol

Árbitro russo suspenso 10 anos e Ventspils fora da Europa sete épocas devido a corrupção

Árbitro russo suspenso 10 anos e Ventspils fora da Europa sete épocas devido a corrupção

A UEFA revelou esta quarta-feira que o árbitro russo Sergey Lapochkin, internacional desde 2013, foi suspenso durante 10 anos, enquanto o Ventspils, da Letónia, vai estar sete anos sem competir nas provas europeias devido a corrupção.

Em comunicado, o Comité Disciplinar explicou que Lapochkin está "proibido de exercer qualquer atividade de arbitragem a nível nacional e internacional até março de 2031", por não ter comunicado à UEFA que tinha recebido uma abordagem para viciar um resultado.

Em causa está o jogo entre Bordéus e Ventspils, das pré-eliminatórias da Liga Europa, disputado em julho de 2018, que terminou com vitória da equipa francesa, por 1-0.

Por seu lado, a UEFA deu como provado que dirigentes dos Ventspils tentaram corromper o árbitro dessa partida e, por isso, a equipa letã vai ficar ausente das competições europeias durante os próximos sete anos, podendo só regressar em 2028/29.

Adlan Shishkanov, um dos dirigentes da formação da Letónia, foi mesmo banido para sempre do futebol, enquanto Nikolajs Djakins, também ligado à direção do clube, terá que cumprir um castigo de quatro anos.

A UEFA adiantou ainda que vai pedir à FIFA que os castigos sejam reconhecidos em todos os quadrantes do futebol mundial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG