O Jogo ao Vivo

Última Hora

Árbitros condenam ameaças de morte e revelação de números de telefone na Net

Árbitros condenam ameaças de morte e revelação de números de telefone na Net

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol condenou as ameaças de morte reportadas pelo árbitro Luís Godinho e alertou que a divulgação dos contactos configura crime de incitamento à violência.

Informado pelo árbitro do Sporting de Braga-F. C. Porto, de quarta-feira à noite, o Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol considerou "extremamente graves" as ameaças fitas a Luís Godinho durante a madrugada de quinta-feira.

"Também nas últimas horas, voltaram a ser disponibilizados nas redes sociais os contactos telefónicos de árbitros, o que constitui um incitamento à violência e um insuportável atentado à privacidade e serenidade dos agentes de arbitragem", refere o Conselho de Arbitragem, em comunicado.

"O CA condena de forma veemente estas ameaças, que infelizmente não são uma novidade no futebol nacional, e deseja que as autoridades policiais sejam capazes de intervir e levar perante a justiça quem age desta forma vil", acrescenta o comunicado, que insta todos os clubes e agentes desportivos "a unir-se e repudiar, de forma inequívoca e firme, este tipo de ameaças".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG