O Jogo ao Vivo

Futebol

Árbitros que não sancionaram cotovelada de Otamendi foram suspensos

Árbitros que não sancionaram cotovelada de Otamendi foram suspensos

A Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) revelou esta quarta-feira ter suspendido os árbitros Andrés Vargas e Esteban Vega, que dirigiram o Argentina-Brasil, após o central Otamendi, do Benfica, não ter sido sancionado por dar uma cotovelada em Raphinha.

Em comunicado, a Comissão de Árbitros do organismo de cúpula do futebol sul-americano nota que considerou a atuação de Andrés Vargas, árbitro principal, e Esteban Vega, videoárbitro, como tendo "erros graves e manifestos".

A situação em que Nicolás Otamendi, argentino que é defesa do Benfica, tem uma "conduta violenta", ao "colocar em risco a integridade física" do antigo jogador do Vitória de Guimarães e do Sporting com uma cotovelada, levando o extremo do Leeds a levar pontos no lábio.

"Como consequência, a Comissão de Árbitros da CONMEBOL resolve suspender os árbitros por tempo indeterminado no exercício de suas funções em competições organizadas pela CONMEBOL", pode ler-se num comunicado assinado pelo presidente, Wilson Seneme.

A Argentina empatou a zero na receção ao Brasil e juntou-se na terça-feira aos canarinhos no Mundial2022, num clássico disputado em San Juan, na 14.ª jornada da zona sul-americana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG