Taça da Liga

Armando Evangelista e o golo anulado: "Não entendo o protocolo"

Armando Evangelista e o golo anulado: "Não entendo o protocolo"

O treinador do Arouca, Armando Evangelista, deixou elogios à exibição da equipa diante do Sporting e deixou críticas ao lance do golo anulado pouco antes do final da primeira parte.

"Gostei da exibição do Arouca, o Arouca nestes 97 minutos provou o porquê de estar nesta Final Four. É óbvio que o Arouca não teve o domínio do jogo, mas teve uma postura digna, soube incomodar, chegar ao último terço e marcar. Uma exibição e uma prestação que não só dignifica a Taça da Liga mas também o futebol português", começou por dizer Armando Evangelista, abordando ainda o lance do golo anulado.

PUB

"Muito sinceramente, ainda não entendi. Não entendo o protocolo. Num lance em que há uma falta a nosso favor, dá-se lei da vantagem e marcámos. Depois passa a uma falta contra nós e dá golo do Sporting. Quem teve a capacidade de jogar contra o Sporting, que está recheado de valores individuais fantásticos, tem um treinador que já foi campeão nacional, ter bola, circular, criar incerteza até final... só tenho de estar orgulhoso dos meus jogadores", concluiu.

O Sporting venceu (2-1), esta terça-feira, em Leiria, o Arouca e garantiu um lugar na final da Taça da Liga. Paulinho, com um bis, e Oday Dabbagh marcaram os golos do encontro marcado por uma primeira parte polémica. O clube de Alvalade, que já venceu a Taça da Liga por quatro vezes, em 2017/18, 2018/19, 2020/21 e 2021/2022, vai marcar presença na final pela sétima vez, enfrentando no jogo decisivo o vencedor da partida entre o campeão nacional F. C. Porto e o Académico de Viseu, da II Liga, que se disputa na quarta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG