Desporto

Arremesso de objetos impede Benfica de receber troféu de basquetebol

Arremesso de objetos impede Benfica de receber troféu de basquetebol

O arremesso de objetos, incluindo cadeiras, no pavilhão Dragão Caixa, no Porto, impediu, esta quarta-feira, a entrega do troféu de campeão nacional de basquetebol ao Benfica, após a vitória sobre o FC Porto no quinto jogo da final.

Os incidentes no final encontro, que o Benfica venceu por 56-53, levaram a equipa "encarnada" a sair de campo sob proteção policial, debaixo de uma chuva de objetos lançados por adeptos do FC Porto, sem que se tenha procedido à entrega do troféu, como estava previsto.

A ocorrência motivou a ação dos agentes da Polícia de Segurança Pública e registaram-se confrontos com adeptos.

O conflito terá começado com uma troca de palavras entre o treinador do Benfica, Carlos Lisboa, e jogadores do FC Porto, que provocou uma reação do portista Nuno Marçal.

Os adeptos portistas reagiram em poucos segundos, com o arremesso de vários objetos das bancadas para o campo.

Elementos do corpo de intervenção da PSP foram chamados para dispersar os elementos da claque, e chegaram a recorrer às bastonadas. Em resposta, os adeptos portistas atiraram pedras para dentro do pavilhão.

Após os incidentes, o presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, reuniu-se com o corpo policial que esteve presente no pavilhão.

Outras Notícias