Futebol

Artur Jorge apresentado no Braga com "mentalidade implacável"

Artur Jorge apresentado no Braga com "mentalidade implacável"

Técnico de 50 anos foi apresentado esta segunda-feira como treinador principal dos arsenalistas.

António Salvador apresentou, esta segunda-feira, Artur Jorge como o novo homem à frente da equipa do Braga. O dirigente destacou a "competência" do técnico, critério de seleção para o mesmo, sabendo que representa os "valores do clube, a vontade de ganhar e a liderança para unir".

"Iremos alcançar os nossos objetivos: em todos os jogos lutarmos para vencer e tenho a certeza que com o Artur Jorge vamos sair do jogo com a consciência que tudo fizemos para isso, mesmo que não ganhemos", explicou António Salvador.

O líder máximo do emblema arsenalista assumiu a ambição de querer "sempre mais", destacando o percurso na Liga Europa e os troféus conquistados nas últimas épocas.

Artur Jorge começou por esclarecer que assume o desafio no Braga por "convicção e não por emoção". "Estou aqui por mérito, pela competência mostrada nestes anos e por acreditar que este dia ia chegar. Quero ganhar, com uma mentalidade vencedora e implacável", referiu.

O novo treinador dos arsenalistas disse que partilha com António Salvador a ambição de "entrar em todos os jogos para ganhar", sem esquecer a formação, aposta frequente do Braga nos últimos anos.

PUB

"O projeto da formação é para consolidar, temos de dar continuidade e manter as apostas que foram conseguidas nos últimos anos, naqueles jogadores que possam mostrar qualidade para serem opções imediatas. Desta forma criamos ativos desportivos e financeiros. O Braga tem uma academia de excelência", destacou.

Sobre uma possível saída de Ricardo Horta, melhor marcador da história do Braga, Artur Jorge confessou uma conversa que teve com António Salvador. "O presidente disse-me que nesta altura os jogadores que temos no plantel são os que tínhamos no ano passado, por isso, contamos com ele", rematou.

Artur Jorge foi também jogador do Braga, com 12 épocas ao serviço do clube, tendo sido, inclusive, capitão dos minhotos. Como treinador, orientou as formações de sub-15, sub-19, sub-23 e equipa B. O técnico de 50 anos assumiu ainda o comando da equipa principal nos cinco últimos jogos da temporada 2019/20, onde terminou a Liga no terceiro lugar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG