Futebol

Associação de Treinadores acusa Sporting de querer "baralhar os mais distraídos"

Associação de Treinadores acusa Sporting de querer "baralhar os mais distraídos"

A Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) acusou esta terça-feira o Sporting de querer "baralhar" os mais distraídos, relativamente à contratação de Silas para treinador principal, e lamenta o "ataque vil e cobarde" ao presidente.

No comunicado de hoje publicado pelo Sporting, o clube lisboeta referiu que a ANTF "não é uma ordem profissional" e teceu críticas ao seu presidente, José Pereira, palavras que foram agora condenadas pelo organismo.

Também pela mesma via, a ANTF vincou que os 'leões' "faltaram deliberadamente à verdade" e colocaram em causa "a idoneidade e o caráter" de José Pereira.

O organismo que representa os treinadores escreveu que o Sporting tem a intenção de "baralhar para confundir os mais distraídos, na medida em que pretende legitimar o exercício da atividade de treinador por quem não está devidamente habilitado para o efeito", situação que acontece com Silas por não possuir o grau IV.

O Sporting "não pode atropelar a legislação nacional e internacional em vigor", segundo a ANTF, recordando que o regulamento da Liga "exige a respetiva certificação do quadro técnico de treinadores" para treinador principal de uma equipa da primeira divisão.

A ANTF defende-se também que "não é nem pretende ser uma ordem profissional", contudo salienta que "tal não significa que possa e não deva defender intransigentemente todos os treinadores".