Desporto

Atletas quenianos e etíopes lideram Maratona do Porto

Atletas quenianos e etíopes lideram Maratona do Porto

O queniano Gilbert Yegon Koech e a etíope Brigid Jepcheschir venceram hoje a 12.ª edição da Maratona do Porto, numa prova em que as portuguesas Joana Nunes e Rosa Madureira 'fecharam' o pódio na corrida feminina.

Na prova feminina, Brigid Jepcheschir Kosgei registopu o tempo de 2:47.59 horas, seguindo-se Joana Nunes, do Adercus, que completou o percurso em 2:51:45, e Rosa Madureira, do Penafiel, com 2:55.50.

"Para mim este é um ótimo resultado. Não estava a contar. Pessoalmente foi muito bom. Foi um esforço muito grande", referiu Joana Nunes, que agora vai preparar-se para a Corrida São Silvestre de Santa Maria da Feira, que se realiza em dezembro.

Em masculinos, primeiro lugar foi para o queniano Gilbert Yegon Koech, que completou os 42 quilometros em 2:14.04 horas. Jacob Cheshari, também do Quénia, com 2:18.15, e Biru Gemechu Work, da Etiópia, com 2:19.15, ficaram em segundo e terceiro, respetivamente.

Paulo Gomes, que corre pelo Benaventense, completou a maratona em quinto lugar, sendo o português que registou melhor tempo: 2:23.13 horas.

"Não consegui os mínimos [para os Jogos Rio2016] mas ainda tenho outras oportunidades na próxima primavera e não vou baixar os braços. Quando se olha para uma prova com tantos africanos com grande valor que também ficaram um pouco baixo, percebe-se que este sol é fantástico, mas não para correr uma maratona", disse aos jornalistas Paulo Gomes.

No 'top-10' masculino nota para a presença de quatro portugueses, enquanto entre as 10 primeiras mulheres ficaram seis portuguesas.

PUB

A 12.ª Maratona do Porto decorreu nas cidades do Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia, juntando atletas de 53 países dos cinco continentes. Além da maratona, o evento contou com duas vertentes, as provas dos 15 quilómetros e dos seis, juntando um total cerca de 15 mil corredores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG