Futebol

Atraso de Soares e invasão de um gato preto valem castigo a F. C. Porto e V. Setúbal

Atraso de Soares e invasão de um gato preto valem castigo a F. C. Porto e V. Setúbal

F. C. Porto e V. Setúbal foram, esta terça-feira, castigados pelo Conselho de Disciplina.

Além das já habituais multas pelo comportamento dos adeptos, há mais duas decisões que se destacam nos castigos atribuídos esta terça-feira pelo Conselho de Disciplina.

O F. C. Porto foi multado em 3825 euros devido ao atraso de Soares para comparecer às zonas de entrevistas rápidas após a partida entre os azuis e brancos e o Rio Ave, no Estádio do Dragão a contar para a Taça da Liga, que a equipa de Sérgio Conceição venceu (3-0).

"A flash interview começou 7 minutos depois do final do jogo, porque o jogador nº29, Soares, do F. C. Porto, que deveria ter sido o primeiro a participar, atrasou-se a chegar ao local. Devido ao atraso, o repórter da TV decidiu avançar com o jogador do Rio Ave escolhido para o efeito, nº8, Tarantini, pelo que a ordem das entrevistas foi alterada", afirma o Conselho de Disciplina.

Já o V. Setúbal foi castigado com uma multa de 153 euros, referente ao jogo frente ao Braga também a contar para a Taça da Liga. Perto do fim do encontro, um gato invadiu o relvado do Bonfim e, por isso, o Conselho de Disciplina decidiu castigar os sadinos.

"Aos 90+7 minutos de jogo, entrou no interior do estádio um gato preto que, a correr, percorreu a linha lateral junto aos bancos de suplentes, sem que tenha entrado no retângulo de jogo", explicou.