O Jogo ao Vivo

Futebol

Augusto Inácio na quarta "chicotada" da edição 2019/20 da Liga

Augusto Inácio na quarta "chicotada" da edição 2019/20 da Liga

Augusto Inácio deixou, esta segunda-feira, o comando técnico do Aves e tornou-se o quarto treinador a deixar uma equipa na edição 2019/20 da Liga.

Com a equipa na última posição do campeonato, Inácio, que estava há menos de um ano à frente dos avenses, acabou por deixar o clube após a eliminação na terceira eliminatória da Taça de Portugal, frente ao Farense, da LigaPro.

O Desportivo das Aves soma apenas três pontos em oito encontros para o campeonato e também já foi eliminado da Taça da Liga.

Inácio será substituído interinamente por Leandro Pires, ex-treinador da equipa sub-23, que na época passada conquistou a Liga e a Taça Revelação.

Antes de Augusto Inácio, três treinadores, todos após quarta jornada, tinham deixado o comando técnico dos clubes em que tinham começado a temporada: Filipe Rocha (Paços de Ferreira), Marcel Keizer (Sporting) e Silas (Belenenses SAD).

Ao comando de uma das equipas que tinham subido à Liga, Filó não conseguiu impor-se no Paços de Ferreira e acabou por ser o primeiro técnico demitido, sendo substituído por Pepa.

No Sporting, o holandês Marcel Keizer não resistiu aos resultados negativos dos leões e acabou por sair, apesar de, em 2018/19, ter conquistado a Taça de Portugal e a Taça da Liga.

A derrota com o Rio Ave (3-2) em casa ditou a saída do holandês, que tinha perdido muita margem de manobra com a goleada com o Benfica (5-0) na Supertaça e que foi substituído interinamente por Leonel Pontes.

Silas, que também tinha deixado o Belenenses SAD na quarta ronda, acabou por ser chamado para assumir a liderança em Alvalade, depois de Leonel Pontes não ter conseguido qualquer triunfo em quatro partidas (duas para a Liga, uma para a Taça da Liga e outra para a Liga Europa).

Nos azuis, Silas foi substituído por Pedro Ribeiro, que era treinador da equipa de sub-23.

Outros Artigos Recomendados