Atletismo

Auriol Dongmo sagra-se vice-campeã europeia de lançamento de peso

Auriol Dongmo sagra-se vice-campeã europeia de lançamento de peso

A portuguesa conquistou, esta segunda-feira, a medalha de prata nos Europeus de atletismo no lançamento de peso. Auriol obteve 19,82 metros, novo recorde nacional, como melhor marca, ficando apenas atrás da rival Jessica Schilder.

Aí está a primeira medalha para Portugal. No primeiro dia do Europeu de Atletismo em Munique, Auriol Dongmo deixou logo marca ao conquistar a medalha de prata no lançamento de peso. Na final da prova, a atleta do Sporting conseguiu a marca de 19,82 metros, um novo recorde nacional, apenas atrás de neerlandesa Jessica Schilder, com 20,24 metros. O pódio ficou completo com a também neerlandesa Jorinde van Klinken, com 18,94 metros.

PUB

Foi a primeira medalha de Auriol Dongmo num Campeonato da Europa ao ar livre, depois de se ter sagrado campeã em pista coberta, no ano passado, em Torun. A portuguesa, campeã do mundo este ano e da Europa em 2021, ambos em pista coberta, começou com 19,29 ao primeiro arremesso, que lhe valia o segundo lugar, atrás da neerlandesa Jéssica Schilder, com 19,47. A atleta dos Países Baixos, medalha de bronze nos mundiais deste ano, ao ar livre e em pista coberta, subiu a parada ao segundo ensaio, para os 20,24, com a resposta de Dongmo a atingir os 19,82, marca que não conseguiu voltar a superar. A final ficou resolvida ao segundo arremesso. A outra portuguesa em prova, Jéssica Inchude, terminou na nona posição, com 17,93 metros.

"Há dois dias não sabia se ia conseguir lançar, porque estava com uma lesão no braço. Mas estou contente com a medalha. Agora vou continuar a trabalhar para obter ainda mais resultados. Não vai ser esta medalha que me vai parar", afirmou Auriol em declarações à RTP.

A segunda edição dos campeonatos Europeus multidesportos decorre em Munique até 21 de agosto e reúne nove modalidades, estando Portugal representado em sete, nomeadamente atletismo, canoagem, ciclismo, ginástica artística, remo, ténis de mesa e triatlo. A seleção portuguesa tinha conquistado uma medalha de ouro, por Iúri Leitão, que se sagrou campeão europeu de scratch, no ciclismo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG