Basquetebol

Ausente Brittney Griner foi a estrela do 'All Star Game' da WNBA

Ausente Brittney Griner foi a estrela do 'All Star Game' da WNBA

A basquetebolista Brittney Griner, detida na Rússia, foi a grande protagonista do "All Star Game" da WNBA, conquistado pela equipa A'ja Wilson face à de Breanna Stewart, com um triunfo por 134-112.

Na Wintrust Arena, em Chicago, o número 42 de Griner e o seu nome esteve nas camisolas de todas as jogadoras no aquecimento e também em toda a segunda parte, perante o olhar de Cherelle Griner, esposa da jogadora, que assistiu ao jogo na primeira fila.

Um dos momentos mais emocionantes da tarde foi quando o nome de Griner foi mencionado antes do início do encontro, o que aconteceu porque a basquetebolista das Phoenix Mercury foi eleita de forma honorífica para o "All Star Game" pela WNBA.

PUB

Brittney Griner, de 31 anos, bicampeã mundial e olímpica pelo seu país, foi presa em fevereiro no aeroporto Sheremétevo, em Moscovo, depois de funcionários da alfândega terem encontrado óleo de canábis entre os seus pertences.

A basquetebolista foi presa por tráfico de drogas e, na quinta-feira, declarou-se culpada dos crimes relacionados com tráfico de droga, durante o julgamento que decorre na Rússia, onde está em prisão preventiva desde fevereiro.

"Pretendo declarar-me culpada de todas as acusações", disse Griner, assinalando que "não tinha intenção de violar as leis russas" e explicando que a situação foi motivada por descuido e pressa no momento de preparar as malas para sair da Rússia.

A estrela dos Phoenix Mercury, de 31 anos, responde em julgamento desde a semana passada e incorre numa pena de prisão que pode atingir os 10 anos.

A Casa Branca defendeu, posteriormente, que a admissão de culpa da basquetebolista não altera a intenção de trazer a atleta da Rússia para os Estados Unidos da América.

"Vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para trazer a Brittney Griner de volta para casa a salvo", afirmou a porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre.

Quanto ao jogo, a equipa de A'ja Wilson (Las Vegas Aces) triunfou e Kelsey Plum, da mesma equipa, foi eleita a MVP, depois de somar 30 pontos (12 em 18 nos lançamentos de campo), dois ressaltos e três assistências.

O encontro serviu também de homenagem a Sue Bird (Seattle Storm) e Sylvia Fowles (Minnesota Lynx), que se vão retirar no final da presente temporada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG