Taça de Portugal

Autor do golo que empatou o F. C. Porto quer "fazer história" no Dragão

Autor do golo que empatou o F. C. Porto quer "fazer história" no Dragão

João Mário marcou o golo que permitiu ao Ac. Viseu empatar com o F. C. Porto, no jogo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, disputado esta terça-feira.

Depois de Zé Luís inaugurar o marcador, João Mário empatou e deixou tudo em aberto no que diz respeito ao apuramento para a final da prova rainha, no Jamor.

"O objetivo era sair daqui com um resultado que nos permitisse ir ao Dragão discutir a eliminatória. Está tudo em aberto e vamos trabalhar para fazer história na segunda mão", afirmou o avançado, de 26 anos, natural da Guiné-Bissau e que concluiu a formação do Benfica, tendo depois passado por Atlético e Chaves até chegar ao Ac. Viseu, em 2017.

Pelo lado do F. C. Porto, igualmente ao microfone da RTP, foi o jovem Vítor Ferreira quem analisou o jogo, depois daquela que foi a sua estreia a titular na equipa principal dos azuis e brancos. "Ficámos com um sabor amargo, sentimos que fizemos tudo para ganhar, sentimos que devíamos ter ganho este jogo, mas ainda há uma segunda mão para jogarmos no Dragão, vamos ganhar e passar à final", afirmou, confiante, o médio que usa o diminutivo Vitinha no dorsal da camisola portista.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG