O Jogo ao Vivo

Futebol

B SAD critica relatório "manipulado e que atinge requintes de má-fé"

B SAD critica relatório "manipulado e que atinge requintes de má-fé"

Em comunicado, garante que foi abordada a possibilidade de adiamento do jogo e que o seu CEO considerou a situação "uma vergonha"

A B SAD arrasa o comunicado emitido, no início da noite, pela Liga de Clubes, no qual consta que os delegados dos dois clubes nunca colocaram em hipótese o adiamento do encontro com o Benfica. Numa nota enviada às redações, é referido que "o CEO da Belenenses SAD, perante todos os presentes, disse que a realização do jogo era uma "vergonha" (sic) e estava indignado, e lembrou que, na época de 2020/21, a Belenenses SAD dispôs-se a adiar o jogo com o Benfica devido ao n.º de casos de Covid-19", facto que, critica o clube, "o relatório do delegado omite".

Classificando o relatório elaborado pelo delegado da Liga de Clubes como "manipulado e que atinge requintes de má-fé", a B SAD garante que "não existiu qualquer reunião entre o Delegado da Belenenses SAD, Nuno Almeida, o Delegado do Benfica e o Delegado da Liga", e salienta que "o Delegado da Belenenses SAD teve uma conversa de circunstância com o Delegado da Liga, sem jamais ter dito que "a hipótese de adiamento não se colocava"".

O encontro entre a B SAD e o Benfica, da 12.ª jornada da Liga, ficou marcado por um surto de covid-19 que assolou o plantel dos azuis. Apenas nove jogadores puderam ir a jogo, no Jamor, tendo a partida sido dada como concluída no início da segunda parte, quando a B SAD ficou reduzida a seis elementos, após lesão de João Monteiro, guarda-redes que foi utilizado como jogador de campo. O resultado final foi de 7-0, favorável aos encarnados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG