Futebol

Barcelona cola-se ao Real Madrid no segundo lugar e Messi celebra golo 650

Barcelona cola-se ao Real Madrid no segundo lugar e Messi celebra golo 650

O Barcelona subiu, este domingo, ao segundo lugar da Liga espanhola, em igualdade com o Real Madrid, depois de somar a quinta vitória (2-1) seguida, na receção ao Athletic Bilbau, na 21.ª jornada.

No Camp Nou, os catalães vingaram a derrota de há duas semanas, na final da Supertaça (3-2), inaugurando o marcador aos 20 minutos, através de um livre direto superiormente executado pelo argentino Lionel Messi, que chegou aos 12 golos na presente edição de La Liga.

O avançado celebrou o 650.º tento em 754 jogos oficiais pelos blaugrana, quase 16 anos depois de ter iniciado esta contagem, com o primeiro golo, em maio de 2005, numa partida diante do Albacete.

O Athletic Bilbau chegou à igualdade aos 49 minutos, com um autogolo do lateral Jordi Alba, só que o Barcelona repôs a vantagem à entrada para o último quarto de hora, com o jovem lateral Óscar Mingueza a cruzar para a finalização do francês Antoine Griezmann, aos 74, num encontro no qual o português Francisco Trincão não foi utilizado por Ronald Koeman.

A formação catalã alcançou a quinta vitória consecutiva no campeonato e ascendeu ao segundo lugar, com 40 pontos, em igualdade com o Real Madrid, terceiro, que no sábado perdeu em casa diante do Levante, por 2-1. Já o Athletic Bilbau é 11.º colocado, com 24 pontos.

No topo da Liga espanhola, com mais 10 pontos do que os rivais, segue o Atlético de Madrid (50), que reforçou a liderança rumo ao seu 11.º título de campeão, ao vencer fora o Cadiz por 4-2.

No Estádio Ramón de Carranza, o avançado uruguaio Luis Suárez, oferta do Barcelona no defeso, voltou a ser determinante, ao marcar dois golos, o primeiro, aos 28 minutos, e o terceiro, aos 50, de penálti, para liderar o pichichi, com 14 tentos.

PUB

Saúl Ñíguez, aos 44 minutos, e Koke, aos 88, apontaram os outros tentos dos colchoneros, que contaram de início com o internacional luso João Félix, substituído aos 60.

Pela equipa da casa, bisou o veterano avançado Álvaro Negredo, aos 35 e 71 minutos, o primeiro para empatar o jogo a um e o segundo para encurtar a desvantagem para um golo e manter a emoção no encontro quase até final.

O Granada, com os portugueses Rui Silva e Domingos Duarte no onze, não foi além de um nulo (0-0) na receção ao Celta de Vigo, mesmo resultado que se verificou no primeiro encontro do dia, entre Getafe e Alavés.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG