Futebol

Bayern e Dortmund unidos contra a Superliga Europeia

Bayern e Dortmund unidos contra a Superliga Europeia

Os presidentes do Bayern de Munique e Borussia Dortmund, Karl-Heinz Rummenigge e Hans-Joachim Watzke, respetivamente, mostraram-se esta segunda-feira contra a criação da Superliga europeia.

"Não acredito que a Superliga vai resolver os problemas financeiros dos clubes europeus originados pela pandemia do novo coronavírus. Os clubes devem, sim, trabalhar em conjunto para assegurar que os custos, sobretudo os salários de jogadores e comissões de agentes, estão de acordo com as receitas, de forma a tornar todo o futebol europeu mais equilibrado", transmitiu Rummenigge, em comunicado divulgado no site oficial do Bayern.

De resto, o antigo internacional alemão assegurou que os bávaros, vencedores da última edição da Liga dos Campeões, não integraram o grupo de emblemas que criaram a Superliga europeia.

"O Bayern não esteve envolvido na criação da Superliga. Estamos convencidos de que o atual formato do futebol europeu garante bases sustentadas. O Bayern congratula a alteração feita ao formato da Liga dos Campeões, porque acreditamos que é o passo certo para ajudar a desenvolver o futebol. A mudança na fase de grupos vai contribuir para o aumento do entusiasmo e da emoção na competição", disse.

Também o Borussia de Dortmund se mostrou contra a Superliga Europeia. "Os membros da direção da Associação europeia de Clubes (ECA) participaram numa reunião virtual na noite de domingo, na qual ficou acordado que a decisão do conselho da última sexta-feira ainda se mantêm. Esta decisão determina que todos os clubes desejam implementar as reformas propostas para o Liga dos Campeões", esclareceu Hans-Joachim Watzke, presidente do emblema de Dortmund, em comunicado publicado no site oficial do clube.

E prossegiu: "Os membros do conselho da ECA tomaram uma posição clara de rejeitar os planos para o estabelecimento de uma Superliga. Os dois clubes alemães na diretoria da ECA, Bayern de Munique e Borussia Dortmund, compartilharam exatamente a mesma posição em todas as discussões''.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG