Desporto

Benfica conquista Supertaça de basquetebol

Benfica conquista Supertaça de basquetebol

O Benfica conquistou este domingo a sua 10.ª Supertaça de basquetebol masculino, ao derrotar, em Almada, a Académica por 68-53.

O conjunto da Luz, que ao intervalo vencia por 32-30, sucede no palmarés ao F.C. Porto, que este ano não compete nas competições profissionais, tendo a Académica, como finalista vencido da última edição da Taça de Portugal, rendido os "dragões".

O Benfica entrou melhor no jogo e chegou facilmente aos 9-0. A Académica, depois de um desconto tempo, procurou reentrar na partida e equilibrou, mas o Benfica chegou ao final do primeiro período a vencer por 17-11, com destaque para os sete pontos de João "Betinho" Gomes.

No segundo período, a Académica nunca deixou fugir o Benfica e foi, a pouco e pouco, recuperando no marcador, chegando ao intervalo a perder por apenas dois pontos (32-30). Para a recuperação da Académica muito contribuíram os 11 pontos de João Balseiro, o melhor marcador do jogo ao intervalo.

No terceiro período, o Benfica, orientado por Carlos Lisboa, voltou a entrar melhor e conseguiu distanciar-se de forma decisiva no marcador, chegando ao final a vencer por 53-41, com nove pontos do base Ricky Franklin.

O técnico Norberto Monteiro, com menos opções, foi mantendo quase sempre o mesmo cinco que começou o jogo, mas a sua equipa começou a sentir dificuldades para segurar o adversário.

No último período, o Benfica geriu a vantagem e terminou a partida com uma vantagem de 15 pontos (68-53).

PUB

João "Betinho Gomes, com 17 pontos e nove ressaltos, foi o jogador mais valioso da partida, num jogo em que o base Ricky Franklin foi o melhor marcador com 20 pontos. Do lado da Académica, destaque para Fernando Sousa, que apontou 18 pontos e conseguiu seis ressaltos.

Carlos Lisboa, treinador do Benfica, estava feliz com a conquista do trofeu, mas referiu que a sua equipa teve que suar para vencer.

"O objetivo é ganhar, mas, antes de começar o jogo, já muitos diziam que estava ganho, o que é uma falta de respeito. Assumimos o favoritismo em todas as provas, mas para isso temos que mostrar no campo, não é um dado adquirido", disse, lembrando o feito inédito do clube ao conquistar cinco Supertaças na mesma época em modalidades diferentes.

Norberto Alves, treinador da Académica, lembrou as diferenças entre as duas equipas, mas deixou elogios aos seus jogadores.

"Fizemos uma boa primeira parte e cumprimos o plano, de controlar a posse de bola e ter um ritmo baixo de jogo, mas na parte final afastaram-se por erros nossos. A equipa teve uma grande atitude e apesar de todas as diferenças entre as equipas não virou a cara à luta", disse, considerando o Benfica um justo vencedor.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG