Futsal

Benfica critica "ato racista deplorável" e promete agir em conformidade

Benfica critica "ato racista deplorável" e promete agir em conformidade

Nilson denunciou "um insulto racista por parte de um colega de profissão", sem o identificar, na final da Taça de Portugal de futsal, frente ao Sporting, jogo que os leões venceram por 4-3.

O atleta do Benfica denunciou o caso domingo, após o encontro, numa publicação nas redes sociais em que se condenava "por não ter dito nada ao árbitro ou ao delegado do jogo".

"De qualquer das formas, irei tratar deste assunto no local apropriado. Sou pai e educo o meu filho para que tenha orgulho nas suas origens. Que não se sinta, inferiorizado ou permita que seja ofendido por quem quer que seja", acrescentou o fixo dos encarnados.

Através da newsletter do clube, o Benfica fala de um "ato racista deplorável e agirá em conformidade junto das instâncias competentes, a FPF e tribunais civis".

"O Sport Lisboa e Benfica está solidário com o seu atleta e apoia-o, através do gabinete jurídico, nesta demanda pela justiça e para que estas manifestações de racismo sejam definitivamente expurgadas do desporto português", acrescenta o clube encarnado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG