Desporto

Benfica jogou contra dez mais de dois jogos

Benfica jogou contra dez mais de dois jogos

Equipa de Jorge Jesus deu a volta a três resultados que eram negativos a jogar em superioridade numérica. F. C. Porto e Sporting a léguas dos números do Benfica.

Um dos temas mais quentes do campeonato já fez correr muita tinta e justificações. A frieza dos números mostra que o Benfica é o clube grande que mais beneficiou de expulsões de jogadores adversários, tendo estado em superioridade dentro de campo num total de 199 minutos. O F. C. Porto apresenta saldo negativo, muito por culpa dos vermelhos madrugadores de Maicon e Fabiano em duas partidas, e o Sporting tem um registo pouco condizente com o terceiro lugar.

"Só com faltas nos travam". A frase de Jorge Jesus, antes do jogo com o Rio Ave, surgiu a propósito do assunto das expulsões nas partidas dos três grandes. E a verdade é que a tese, ou justificação, do treinador benfiquista fica bem refletida nos números das 26 jornadas já disputadas. Foram 11 os encontros que terminaram com o campeão nacional em vantagem numérica e três desses com reflexos no resultado final.

Na quinta jornada, o Moreirense vencia na Luz quando, a 33 minutos do final, Marcelo Oliveira foi expulso e o Benfica aproveitou para virar o resultado para 3-1. Na jornada seguinte, Estoril e Benfica estavam empatados a dois golos quando Matías Cabrera recebeu ordem de expulsão e as águias acabaram por triunfar, por 3-2. Uma volta depois, a equipa de Jorge Jesus visitou Moreira de Cónegos e aproveitou o vermelho a André Simões para transformar o 1-1 no 3-1 final. No reverso da medalha, a expulsão de Talisca no Funchal não teve influência - os encarnados já venciam por 4-0 -, mas o vermelho a Luisão em Vila do Conde acabou em derrota (2-1) com o Rio Ave.

Já o F. C. Porto beneficiou de vermelhos alheios em quatro ocasiões, mas já estava a ganhar esses jogos quando se deram as expulsões. Mais difícil de digerir foi o vermelho a Maicon contra o Boavista, no Dragão, jogo que terminou empatado a zero. A expulsão a Fabiano contra o Arouca não impediu a equipa de Julen Lopetegui de vencer.

O cenário verde tem sido bem complicado, já que o Sporting esteve mais vezes em desvantagem do que em superioridade numérica: foram oito os sportinguistas expulsos ao longo do campeonato, mas apenas a Académica, logo na primeira jornada, aproveitou para roubar dois pontos (1-1) a Marco Silva. No cenário oposto, o Sporting não soube aproveitar as expulsões de Sérgio Oliveira e Ramón Cardozo e acabou por empatar os jogos, em casa, com Paços de Ferreira e Moreirense.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG