Futebol

Benfica oficializa e apresenta Darwin Nuñez

Benfica oficializa e apresenta Darwin Nuñez

O Benfica oficializou, esta sexta-feira, a contratação do avançado internacional uruguaio Darwin Nuñez, proveniente do Almería, por cinco épocas, a troco de 24 milhões de euros. Pouco depois, o jogador foi apresentado no Seixal.

O jogador vinculou-se às águias pelas próximas cinco temporadas, até junho de 2025, naquela que é a transferência mais cara de sempre do futebol português e que custará ao Benfica 24 milhões de euros. A cláusula de rescisão foi fixada em 150 milhões de euros e o clube espanhol terá direito a receber 20% do valor de uma mais-valia obtida numa futura transferência, segundo a comunicação feita pela clube da Luz à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Nuñez foi o escolhido para reforçar o ataque benfiquista, após ter sido gorada a contratação do também avançado uruguaio Edinson Cavani, de 33 anos, que está livre depois de terminar o contrato com o PSG.

O avançado, de 21 anos, chegou na quarta-feira a Lisboa na companhia do administrador da SAD do Benfica Rui Costa e será apresentado ainda esta sexta-feira, no Seixal.

"Hoje é um dia muito feliz para o nosso clube com a apresentação de mais um reforço. Um reforço que esperamos ser de grande peso e queremos dar-lhe as boas-vindas", avançou Rui Costa, administrador da SAD, no momento da apresentação oficial, frisando que o adiamento da mesma de quinta para sexta-feira se deve apenas " a atrasos nos exames médicos do Darwin e de algumas burocracias para analisar e esclarecer na transferência do Almería", que levaram mais tempo do que as águias esperavam.

"É uma transferência de grande envergadura e qualquer operação desta dimensão obriga a muita burocracia e como tal o que se passou foi exatamente isto. Não teve nada a ver com o jogador, nem com os empresários dele. Quando viajamos de Espanha o contrato de Darwin estava feito, era apenas e só uma burocracia que estava a atrasar. Ele poderia ter sido apresentado lá para as 23 horas, meia-noite e decidimos que seria melhor e mais prático para toda a gente que fosse feita hoje [sexta-feira]", justificou o antigo internacional português.

PUB

Rui Costa explicou também o porquê da aposta no avançado uruguaio de 21 anos. "É uma aposta elevada, de um jovem que acreditamos - e pela concorrência que tivemos para chegar ao dia de hoje, pelos vistos há muita gente na Europa a pensar o mesmo que nós -, que será um dos grande avançados desta década no futebol Mundial, o que obrigou ao nosso esforço e dedicação nesta contratação. Esperamos o mesmo de todos os jogadores que vêm para o Benfica independentemente dos valores das transferências: que tenha muito sucesso e que nos venha acrescentar muito valor", salientou o administrador da SAD benfiquista.

E continuou: "É uma aquisição que está a fazer muita espécie a muita gente pelos valores envolvidos, mas é muito ponderada por todas as áreas que estão no futebol profissional, desde o departamento de futebol ao nosso scouting e ao pedido do nosso treinador, como tal esperamos que tenha o êxito que tem vindo a ter na carreira e que continue a progressão até chegar aos patamares que pensamos que ele possa chegar".

O responsável das águias rejeitou considerar falhada a tentativa de contratação de Cavani: "Quando se falha em falhar aquisições nós somos ambiciosos e aparecendo uma janela para contratar Cavani tentámos aquilo que podemos tentar. Mais do que falhar, fomos ambiciosos e tentámos até às nossas últimas possibilidades contratar um jogador daquela dimensão".

"A questão Darwin não tem nada a ver com a do Cavani. Percebo esta ligação, até porque o país é o mesmo e é fácil fazer a comparação. Mas, o Darwin sempre esteve nas nossas preferências, independentemente de Cavani ou não. Assim que tivemos a oportunidade de atacar esta aquisição e de ter o Darwin connosco, fizemos isso e foi isso que aconteceu", acrescentou.

Rui Costa frisou também o "comportamento exemplar do Benfica, jogador e empresários e Almeria, numa negociação que não é fácil, mas que houve uma vontade férrea das três partes para que este dia se pudesse realizar desta maneira".

O administrador da SAD explicou também o papel de Paulo Gonçalves no negócio da transferência do urugaio, referindo que este "não é intermediário do Benfica". "O Paulo Gonçalves aparece como advogado dos agentes do jogador", reforça.

Sobre mais entradas ou saídas, o dirigente anotou que "o mercado está aberto e até ao último dia o Benfica vai estar atento a tudo aquilo que possa ser benéfico" para o clube.

O novo reforço das águias afirmou estar a sentir-se "muito bem e muito contente" pelo momento que está a viver. "Já tenho vontade e muita ilusão de vestir a camisola do Benfica e começar a treinar com os meus companheiros", avançou o jogador.

E os valores envolvidos na transferência parecem não causar pressão ao avançado uruguaio. "Para mim é um orgulho, porque dia a dia trabalho para o meu futuro, acredito que estou a fazer bem as coisas e sempre com humildade e com os pés na terra. Isso não é um peso para mim, é uma responsabilidade e quero fazê-lo da melhor maneira possível", afiançou Darwin Nuñez.

Sobre o que os adeptos lhe vão exigir, o jogador, que vai envergar a camisola 9, atirou: "Obviamente, devido à minha posição o que me vão pedir é golos, confio que vou deixar sempre tudo em campo para ajudar os meus companheiros e os golos chegarão".

O novo avançado das águias reconheceu não saber muito sobre o trabalho do treinador Jorge Jesus. "Tem história no Flamengo, já me falaram um pouco dele, não o conheço muito bem, mas sei que ganhou muitos títulos com o Flamengo, agora está aqui e acho que é um bom elemento para o Benfica e estou à disposição dele para aprender e escutá-lo", disse.

"Gostaria que o Cavani estivesse aqui porque ia ser uma peça importante, mas não conseguiram contratá-lo. Estou aqui para jogar e dar o melhor de mim para os companheiros que estão aqui", referiu quando abordado sobre a pressão de ser o "substituto" para Cavani.

Já os novos companheiros de equipa mereceram elogios do reforços. "O Benfica tem grandes jogadores, na frente está o Vinícius, que outro dia vi num encontro e é bom jogador e inteligente. Estou aqui para competir de forma saudável pelo lugar com ele", salientou Darwin, acrescentando: "O Benfica é um clube grande da Europa, ainda não tive oportunidade de falar com o mister, mas amanhã [sábado] vou falar com ele e se ele tiver confiança em mim tenho de a devolver e ter confiança nele em campo".

"Ouvir as palavras de Rui Costa, que foi um grande jogador e é um ídolo, me emociona muito e sinto orgulho. Vou trabalhar para ser o melhor no Benfica e ser um grande jogador e ficar na história. Vim aqui para conquistar títulos e espero ficar como um ídolo no Benfica", frisou o jogador, explicando porque aceitou o convite das águias: "Tive ofertas de muitos clubes, mas quando me falaram do Benfica disse que queria vir. Gostei do projeto do clube e o meu sonho era vir para aqui, para um grande. É a primeira vez que vou jogar numa equipa grande na Europa, numa 1.ª Divisão e vou dar o melhor de mim para que tudo corra bem".

Outras Notícias