Futebol

Benfica repudia castigo do Conselho de Disciplina e diz que órgão "já perdeu toda a credibilidade"

Benfica repudia castigo do Conselho de Disciplina e diz que órgão "já perdeu toda a credibilidade"

O clube encarnado emitiu, esta terça-feira, um comunicado no qual deixa duras críticas ao Conselho de Disciplina da FPF, depois do castigo aplicado a Henrique Araújo. Na nota, o clube da Luz considerou que o órgão "perdeu a credibilidade" e que a decisão é "inaceitável".

"O Sport Lisboa e Benfica repudia de forma veemente o castigo aplicado hoje ao jogador Henrique Araújo pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol. Uma decisão inaceitável face ao teor das declarações, em mais um ato de total desrespeito pelo Benfica por parte deste órgão da FPF. Os jogadores do Benfica estão comprometidos e empenhados com o Clube, com os objetivos imediatos que se avizinham, e o seu foco e ambição em nada se vão alterar com mais esta provocação por parte deste Conselho de Disciplina que já perdeu toda a credibilidade", pode ler-se.

PUB

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol decidiu castigar Henrique Araújo, jovem avançado do Benfica, com um jogo de suspensão e uma multa por "declarações proferidas sob o enfoque das ofensas à honra ou consideração de agentes de arbitragem ou sob o enfoque do comportamento incorreto violador de deveres gerais". A 17 de abril, no final do jogo de do Benfica B com o Rio Ave, para a Liga 2, em Vila do Conde, que a equipa da casa venceu por 2-1, o jogador dos encarnados deixou duras críticas à equipa de arbitragem, acusando-a de prejudicar o clube da Luz.

Já o Benfica vai ter de pagar uma coima no valor de 64.770 euros e Rui Pedro Braz, diretor desportivo, foi multado, tendo como base o mesmo processo disciplinar, em 1.020 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG