Basquetebol

Benfica vence Sporting e mantém invencibilidade

Benfica vence Sporting e mantém invencibilidade

O Benfica manteve este domingo a invencibilidade no campeonato de basquetebol, ao triunfar no dérbi lisboeta em atraso da primeira jornada, em casa do rival Sporting, por 89-78, somando a 10.ª vitória em outros tantos jogos.

O terceiro período foi determinante para definir o vencedor, com um parcial de 20-7 a favor do conjunto da Luz, que teve Aaron Broussard em maior destaque, ao apontar 27 pontos, enquanto Travante Williams, do lado da equipa 'verde e branca', apontou 24.

O Benfica segue assim confortável na liderança da tabela classificativa, com 20 pontos, infligindo a segunda derrota do Sporting - perdeu 91-89 em casa do F.C. Porto -, que é segundo, com 18, os mesmos da Ovarense, com os "dragões" com 17 e menos um jogo.

PUB

Pautado por um forte equilíbrio inicial, o dérbi lisboeta desde cedo imprimiu um ritmo alto na partida, numa altura em que sobretudo Travante Williams foi o destaque, com cestos que impediam o Benfica de "fugir" no marcador - dos 12 primeiros pontos dos "leões", 10 foram da autoria do jogador recentemente naturalizado como português.

Foram constantes as trocas na liderança do resultado, mas os "encarnados" acabaram por "fechar" o primeiro período na frente (23-25), embora os "leões" tenham reagido logo a abrir o segundo período, chegando à vantagem por duas vezes (31-29 e 33-31).

Aos 33-33, Ivan Almeida falhou dois lançamentos livres, numa sequência de erros consecutivos do Benfica, mas o Sporting apenas foi capaz de assumir nova vantagem aos 43-42, embora as "águias" tenham empatado a 46-46, a poucos segundos do intervalo.

O reatamento trouxe um Sporting totalmente diferente do da primeira parte, em que a vantagem 51-50 foi o único ponto positivo, pois o Benfica, depois disso, superiorizou-se em todos os momentos do jogo.

A formação de Pedro Nuno Monteiro "desapareceu" da partida, contra um Benfica a 'todo o gás', como comprova o parcial de 16-2 que colocou a equipa de Norberto Alves com uma vantagem considerável de 13 pontos no final do terceiro período do jogo (66-53).

A diferença pontual deixou o Benfica confortável para o derradeiro parcial da partida e a vantagem chegou a ser de 16 pontos várias vezes, a última das quais aos 80-64, até o Sporting esboçar uma reação nos minutos finais, que amenizou o desaire (89-78).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG