O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Benfica vende dois ativos para salvar as contas

Benfica vende dois ativos para salvar as contas

SAD já sabe que tem de realizar pelo menos duas grandes transações até junho de 2023 para inverter o prejuízo do último relatório.

A SAD do Benfica já sabe que terá de vender dois jogadores até junho de 2023 para voltar aos resultados positivos no fecho das contas de 2022/23. Ao que o JN apurou, os responsáveis têm um plano bem delineado para tornar a navegar na "linha verde" e a viragem, em relação aos últimos relatórios e contas - 2020 (17,4 milhões negativos) e 2021 (35 milhões negativos) - implica a realização de duas vendas de valores substanciais para influenciar a transformação financeira.

A estratégia de privilegiar o sucesso desportivo, através da reformulação do plantel e a opção de não transferir atletas justificaram a última derrapagem. Todavia, o regresso a terreno positivo é uma meta e foi inclusive admitida na apresentação das contas pelo presidente Rui Costa. Gonçalo Ramos (foto), Enzo Fernández, António Silva, Neres, Morato e Henrique Araújo são alguns dos jogadores com maior potencial de saída, sendo que a venda de elementos formados no clube permite um ganho financeiro superior devido ao reduzido investimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG