Futebol

Benitez apresenta listas às eleições do Benfica com seis vices na direção

Benitez apresenta listas às eleições do Benfica com seis vices na direção

O empresário Francisco Mourão ​​​​​​​Benitez vai entregar, esta quarta-feira às 16 horas, as listas candidatas aos órgãos sociais do Benfica nas eleições de 9 de outubro, no Estádio da Luz, em Lisboa, contando com seis vice-presidentes efetivos.

O empresário, de 57 anos, concorre ao ato eleitoral do Benfica em oposição ao ex-futebolista e antigo vice-presidente Rui Costa, que assumiu a liderança do clube após a detenção em julho do presidente em exercício, Luís Filipe Vieira, mais tarde libertado sob caução.

Nas listas, a que a agência Lusa teve acesso, Benitez, antigo jogador de râguebi nas camadas jovens do clube e fundador em 2013 da Associação de Adeptos Benfiquistas, concorre à presidência, apresentando João Pinheiro para liderar a Mesa da Assembleia Geral (MAG) e Nuno Leite o Conselho Fiscal.

Na proposta para a direção, o empresário é acompanhado por Pedro Casquinha, Carlos Lisboa Nunes, Bernardo Correia, Pedro Soares Brinca, José Nunes da Luz e Victor Fernandes Conceição, com Luís Manuel do Rosário e Victor Mendonça como 'vices' suplentes.

Nas eleições de 28 de outubro de 2020, que então reconduziram Luís Filipe Vieira para um sexto mandato, num escrutínio ao qual concorriam o advogado Rui Gomes da Silva e o empresário João Noronha Lopes, Benitez foi candidato a presidente da MAG na lista deste último.

Em julho deste ano, em plena crise institucional no clube e SAD 'encarnadas', após a detenção de Luís Filipe Vieira, Rui Costa assumiu interinamente a presidência, anunciando também que em tempo oportuno seriam marcadas eleições.

Já no início de setembro, após reunião da direção, ficou decidido que o ato eleitoral decorreria em 09 de outubro, e três semanas depois Rui Costa comunicou ser candidato à presidência, numa lista em que não terá José Eduardo Moniz ou Varandas Fernandes, dos anteriores órgãos sociais liderados por Vieira, e que se mostraram indisponíveis, mas na qual mantém Fernando Tavares, Domingos Almeida Lima, Sílvio Cervan e Jaime Antunes.

PUB

Na lista oponente, Benitez tinha deixado claro que apenas iria ser candidato caso fossem cumpridos alguns pressupostos, nomeadamente a existência de um regulamento eleitoral, um cenário que foi possível concretizar, com as eleições a regressarem também ao voto físico em urna em Portugal continental.

Vieira, que tinha sido eleito em 28 outubro de 2020 para um sexto mandato, com 62,59% votos - contra 34,71% de Noronha Lopes e 1,64% de Gomes da Silva -, foi detido em julho no âmbito da operação 'Cartão vermelho' e chegou a estar em prisão domiciliária até ao pagamento de uma caução de três milhões de euros.

O antigo presidente do Benfica foi um dos quatro detidos no início de julho numa investigação que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos para o Estado, SAD do Benfica e Novo Banco e está indiciado por abuso de confiança, burla qualificada, falsificação de documentos, branqueamento de capitais e fraude fiscal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG