O Jogo ao Vivo

Futebol

Bernardo Silva: "Ver o Benfica em primeiro é uma surpresa"

Bernardo Silva: "Ver o Benfica em primeiro é uma surpresa"

Bernardo Silva, jogador do Manchester City, mostra estar atento ao campeonato português e considera que, em Portugal, o fanatismo "já passou das marcas há muito tempo".

A cumprir a segunda época ao serviço do Manchester City, Bernardo Silva tem sido opção regular de Pep Guardiola e alvo de grandes elogios por parte do treinador. Esta época, o português já leva 44 jogos, 11 golos, uma Taça da Liga inglesa e afirma estar feliz na Premier League, onde a rivalidade é, segundo o médio, "saudável".

"Dentro de campo e nas bancadas toda a gente quer ganhar, mas todos estão preocupados com o futebol e não com aspetos exteriores ao jogo. Joguei em Portugal [pelo Benfica], em França [pelo Mónaco] e agora estou em Inglaterra e não tenho dúvidas. O ambiente em Inglaterra é especial, claramente melhor", começou por dizer em entrevista ao MaisFutebol e à TVI.

Atento ao que se passa no futebol português, Bernardo Silva sublinhou que a troca de palavras com Francisco J. Marques não passou "de uma brincadeira" e considerou que o fanatismo no nosso país "já passou das marcas".

"A rivalidade e o fanatismo em Portugal já passaram das marcas há muito tempo. Deixo isso para as pessoas discutirem diariamente lá naqueles programas desportivos das televisões. Francisco J. Marques? Foi uma brincadeira. As pessoas em Portugal não levaram como uma brincadeira, mas da minha parte foi. Não sei se da outra parte [Francisco J. Marques] também foi, mas da minha sim", afirmou.

Com um carinho especial pelo Benfica, clube pelo qual fez a formação, o português deixou elogios à recuperação do clube encarnado, atual líder da Liga em igualdade pontual com o F. C. Porto, principalmente após a chegada de Bruno Lage ao comando técnico.

"O Benfica, depois do empate contra o Belenenses, perdeu uma boa vantagem. Perdeu a margem de erro que tinha conquistado no Dragão e com isso aumentou a pressão sobre si. Mas, olhando para o que tem sido o campeonato, há uns meses eu não imaginaria sequer que o Benfica podia estar a lutar pelo título. Ver o Benfica em primeiro é uma surpresa. O Benfica e o F. C. Porto estão a fazer um ótimo campeonato. Sou benfiquista, quero que o Benfica ganhe, mas espero também que se fale mais de futebol e ganhe o melhor", disse, deixando elogios ao atual treinador.

"Quando se está numa fase má e se aposta noutro treinador, é importante que ele consiga criar impacto de imediato. O Bruno Lage conseguiu isso e mudou um bocado a forma como o Benfica jogava, dando à equipa novos jogadores. O Ferro tem estado fantástico, o Florentino também, o João Félix toda a gente sabe o quão incrível tem sido. Nota-se muito a diferença entre o Benfica do início da época e este Benfica", concluiu.