Taça

Bicampeãs nacionais de voleibol deixam troféu no museu do F. C. Porto

Bicampeãs nacionais de voleibol deixam troféu no museu do F. C. Porto

A taça do bicampeonato nacional de voleibol feminino já está no museu do Dragão. Pinto da Costa recebeu das mãos da capitã portista, Renatinha, o troféu conquistado, no último fim de semana, pela AJM/F. C. Porto, frente ao Leixões.

Recordando uma "conquista muito difícil", alcançada "em cima da meta", o presidente do F. C. Porto falou de uma taça que tem "um grande significado", conquistada por um grupo de jogadoras "fantásticas, que conseguiram encher um pavilhão, como nos grandes momentos do F. C. Porto, e que ficam todas na história do clube".

"Quero felicitar todos, o professor José Moreira que é nosso parceiro, os diretores, o nosso treinador, que teve um trabalho de continuidade e de grande perseverança que nos levou à vitória, e às jogadoras, que são quem concretiza os sonhos de todos nós dentro do campo. Tenho por todas vós uma grande admiração e uma grande estima", acrescentou Pinto da Costa, aos canais oficiais do clube.

A final do campeonato nacional juntou a AJM/F. C. Porto ao Leixões e só ficou decidida no quinto jogo, que as portistas venceram por 3-1, no Dragão Arena.

"Deixar uma taça aqui representa tudo o que aconteceu na temporada inteira, todas as dificuldades por que passamos. Mas, no final, somos recompensadas com um troféu que podemos vir aqui entregar. Sabemos que é para sempre", disse a capitã da equipa azul e branca, Renatinha, lembrando que "o F. C. Porto alimenta-se de vitórias e de momentos grandiosos".

Por sua vez, Carlos Carreño, técnico das portistas, assinalou "um momento emocionante e o culminar de um trabalho bem feito, que foi muito difícil", garantindo que o seu coração "estará sempre pintado de azul e branco".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG